Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Repercussão de uma nota de blogue

Na semana passada, quando fiz o última postagem no blogue, relatei sobre um projeto do Ministério da Cultura para o qual Orlândia não havia sido habilitada. Não sei exatamente por que, mas houve uma estranha repercussão, que inclusive surpreendeu este blogueiro. Afinal, só envio para amigos, parentes e quem, para tristeza alheia, estiver nos meus poucos contatos, mas duas ou três pessoas certamente o lêem (um, é meu sobrinho Adonai). A todos, desde peço desculpas pela apropriação da lista pela Prefeitura, já que não é todo dia que se recebe uma “nota de esclarecimento” no e-mail.

A nota, assinada pela secretária de Cultura, Josimara Ribeiro de Mendonça Camargo (transcrita em sua íntegra abaixo), mostra que, de fato, haverá outros recursos disponíveis para projetos culturais. Aparentemente, inclusive, melhores que o anterior, já que enumera “assegurados” novos pontos de cultura e duas bibliotecas nos bairros.

A secretária também aponta que houve erro por parte deste blogueiro ao não informar sobre os “dois lados” da notícia. De fato, isto não ocorreu. Um blogue como este, apesar de não ser um órgão de imprensa, deve verificar as informações a fundo, oferecendo ao leitor todos os lados que a notícia apresentar. Em defesa, se possível, constate-se que o blogue foi a postagem ocorreu na noite de sexta-feira, quando não mais era possível consultar a Assessoria de Imprensa da Prefeitura. É claro que não houve intenção de ser tendencioso, mesmo porque, só há um lado aqui: o fomento a um debate sobre os rumos de Orlândia.

A matéria sobre as condições da Biblioteca Geraldo Rodrigues está longe de ser uma “denúncia”. O objetivo, conforme escrito, era justamente mostrar a “nova fase” em que se encontra. Cultura, invariavelmente, é colocada em segundo plano (se muito) no Brasil. Sob a administração do prefeito Rodolfo Meirelles, a pasta ficou a cargo da empresária Josimara Mendonça Camargo, o que a intenção de um nova visão. Afinal, trata-se de uma mulher de grande sucesso no mundo dos negócios e referência no Terceiro Setor como diretora do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça.

Numa reunião com a secretária, em meados do ano, apresentei algumas propostas sobre projetos voltados à cultura. Ideias simples, que poderiam ser apreciadas ou não, mas julguei oportuno entregar-lhe. Foi, claro, uma honra, afinal foi uma deferência. Assim como julgo, também, uma deferência a este modesto e simples blogue receber um texto por ela assinado.

Mais do que a nota em si, a atitude da secretária Josimara Mendonça Camargo em esclarecer o ocorrido é notável, e certamente mostra um diferencial em relação a outros empresários, políticos ou mesmo pessoas que ocupam cargos na administração pública. Além de excelente gestora empresarial e social, ela se mostra sensível à percepção pública, um grande diferencial nestes dias em que a liberdade parece sempre vigiada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário